Freak Out#: Ai a minha vida…parte II

echo

Esta semana voltei a entrar em choque ….no bom sentido, claro. Há muito tempo que queria visitar Vilar de Mouros , e agora as circunstâncias cruzaram-se de uma maneira ….meus amigos, eu já explico!

Continue reading “Freak Out#: Ai a minha vida…parte II”

Freak Out com…. dj a boy named sue

2

Prometemos, cumprimos. dj a Boy Named Sue em discurso direto para a Scratch Magazine. O ambiente da entrevista foi animado e a partilha de ideias estimulante. Prometemos continuar a acompanhar esta verdadeira máquina do tempo do rock `n´ roll. Confere o resultado!

Continue reading “Freak Out com…. dj a boy named sue”

Freak Out # Sociedade do espetáculo?

 

No âmbito do meu estudo sobre Jornalismo Musical em Portugal , nas entrevistas que efectuei a profissionais da comunicação dos últimos 40 anos , mencionou-se a “sociedade do espetáculo” como pano de fundo dos media atualmente. Num panorama de “Love on Top” ou “Casa dos Segredos” não deixa de ter o seu fundamento. Tal conduziu-me a esta pequena crónica. O objetivo é ser apenas um ponto de reflexão. Confere.

Continue reading “Freak Out # Sociedade do espetáculo?”

Freak Out # Parabéns ao mestrado em Multimédia da FEUP!

multimedia

É com muito orgulho que integro o Mestrado em Multimédia da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP).

Por Irene Mónica Leite

Trata-se de um mestrado completo nos seus conteúdos programáticos e diversificado nas suas especializações (educação, cultura e artes, tecnologias….). É marcadamente prático , sempre com desafios interessantes.

No âmbito da minha especialização (cultura e artes) tenho trabalhado em cadeiras que estimulam novas competências , sempre adaptando os conteúdos programáticos ao jornalismo musical , a minha primeira grande especialização.

Por isso mesmo é gratificante poder assistir ao evento que celebra os 20 anos do mestrado em Multimédia , repleto de convidados e workshops interessantes. Confere o programa , aqui.

Freak Out: Alerta vermelho com Vilar de Mouros

peter murphy

Depois de ter estado em Coura em 2011 e ter assistido ao brilhante concerto dos Pulp, a história volta a repetir-se? Nah, que eu não deixo. ah ah Foi uma experiência muito louca , divertida, uma verdadeira aventura, levada a cabo por uma miúda de 22 anos. Agora , com 27 anos , o cartaz de Vilar de Mouros é de sonho e o juizinho é maior. Portanto, tudo ok. Vamos à música?

Continue reading “Freak Out: Alerta vermelho com Vilar de Mouros”