Toy e Janeiro entre as novas confirmações para o ‘Dar Letra à Música’

Prepare-se, pois, as próximas edições do ‘Dar letra à Música’, ciclo mensal inserido na programação do Museu FC Porto prometem, e de que maneira. Temos João Gil, Toy e Janeiro, para os meses de novembro, dezembro e janeiro, respetivamente. Imperdível!

João Gil (já no próximo dia 14 de novembro) é o próximo convidado e dezembro “Chama o António” ao Coração do Porto, para uma conversa certamente animada para o último serão de 2019 do evento. Depois, o novo ano começa com um nome já referencial entre os talentos mais recentes em Portugal.

A quinta temporada do Dar Letra à Música (DLAM) continua a não desanimar, sempre pautada pelos nomes de referência.

Sempre com estreias no auditório do Museu desde a primeira sessão de sempre (época 2015/16) destas noites de música e conversa no Coração do Porto, a edição de 2019/20 alinha pela mesma nota de qualidade e diversidade, reservando mais três sessões marcantes, com João Gil, Toy e Janeiro. Adivinham-se boas estórias e boas músicas, decididamente!

No dia 14 de novembro, o auditório do Museu será a nave onde João Gil vai viajar no tempo e percorrer a música e outras histórias de uma carreira que já passa a marca dos 40 anos. Guitarrista e compositor que faz parte da identidade de referências tão marcantes como Trovante, Ala dos Namorados, Rio Grande ou Cabeças no Ar, sem esquecer projetos tão essenciais como Filarmónica Gil, Baile Popular ou Tais Quais, João Gil também assina temas eternos e populares como “125 Azul”, “Perdidamente”, “Timor”, “Solta-se o beijo”, “Postal dos Correios” ou “Saudade”.

O serão de 5 de dezembro promete ser outro momento inesquecível no DLAM. A música e a boa disposição contagiante de Toy têm tudo para conjugar na medida certa com o ambiente informal do evento, adivinhando-se uma sessão que, se durasse toda a noite, talvez não chegasse para percorrer toda a carreira de um artista tão paradigmático. “Dias de Paz”, “Mãe (Três Letras de Saudade)”, “Chama o António”, “Estupidamente Apaixonado”, “Olhos de Água”, “És tão Sensual” ou “Coração não tem idade (vou beijar)” são cartões de visita de uma extraordinariamente longa lista de sucessos distribuídos por dezenas de singles, LP’s, coletâneas e edições ao vivo de um fenómeno de popularidade que também pertence à história da televisão nacional (o programa da SIC, recorda-se?)

Depois de Toy e do adeus a 2019, a quinta época do DLAM prossegue logo no primeiro mês de 2020 e apresenta um novo talento da música portuguesa. Janeiro (dia 23) chega com… Janeiro e, certamente, o jovem músico natural de Coimbra vai selecionar temas saídos do álbum “frag.men.tos” ao partilhar canções e histórias numa sessão que, aliás, antecede a passagem deste emergente artista na Casa da Música (Porto).

Um EP gravado em casa, as “Janeiro Sessions” com convidados como Miguel Araújo e Ana Bacalhau e uma experiência no Festival da Canção da RTP por convite de Salvador Sobral fazem parte dos capítulos de vida e carreira a explorar numa noite de boa disposição no auditório do Museu.

Com as perguntas e o humor a cargo da habitual dupla de apresentadores e provocadores, o evento é uma organização do Museu FC Porto, em parceria com a Associação Sótão Paralelo (“Conta-me Histórias”), sujeito à lotação da sala. Bilhetes à venda no balcão do Museu e em ticketline.sapo.pt

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s