The Sisters of Mercy: Puro deleite

sistersEntrar no mundo dos The Sisters of Mercy é como percorrer uma estrada sem destino! Poderosos , talvez seja a palavra chave para o grupo de Andrew Eldritch e companhia.

Por Irene Mónica Leite

Iniciei a audição das “irmãs da piedade” por volta dos meus 19/20 anos. A sua música já não era propriamente recente, mas tinha (e tem!) um flow incrível.

Andrew Eldritch e companhia tiveram o poder de construir uma poderosa atmosfera dark. Basta pensar na sonoridade cativante , mas ao mesmo tempo pesada, do icónico tema “Black Planet”, ou “Flood II”.

É um som profundo , capaz de penetrar na nossa mente e ir ao mais intimo do ser humano. De subir paredes, diria. Desconcertante também.

O grupo formou-se em Leeds , 1980, por Andrew Eldritch e Gary Marx. Mais tarde, com algumas modificações pelo meio , juntaram-se Wayne Hussey e Craig Adams.

Mas, ao que parece, o relacionamento entre os membros do grupo não era fácil. Em 1985 Gary Marx sai e forma os Ghost Dance . Wayne Hussey e Craig Adams formam os The Mission em 1986.

Dificuldades à parte, o facto é que os The Sisters of Mercy marcaram a história de um rock mais dark e vigoroso.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s