Aline Frazão em Guimarães

aline

O ciclo de músicas do mundo Terra, que até ao final do ano vai ocupar a Black Box do Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG), em Guimarães, quer promover o diálogo entre culturas. E para iniciá-lo nada melhor do que uma artista que põe em contacto na sua música Angola, Cabo Verde e o Brasil. Aline Frazão é a primeira convidada da Capivara Azul – Associação Cultural, no próximo sábado, 20 de julho, às 21h30.


Aline Frazão chega acompanhada por um trio composto por Johannes Krieger (trompete e flugelhorn), Mayó (baixo) e Ndu (percursão). Esta é uma das raras oportunidades para ouvir este ano, em Portugal, as músicas de Dentro da Chuva, o quarto disco da angolana, em formato banda.

Refira-se que este concerto inaugura Terra, um ciclo de programação de músicas do mundo, pensado para dialogar com a coleção permanente do CIAJG. As peças de arte africana, arte antiga chinesa e arte pré-colombiana reunidas por José de Guimarães e expostas neste museu são a inspiração para a programação.

“A escolha de Aline Frazão para a abertura do novo ciclo de programação deve-se precisamente ao facto de a artista ser de Angola e ter sido nesse país que José de Guimarães iniciou a sua carreira como artista plástico reconhecido internacionalmente. De resto, todo o conceito visual de Terra é uma homenagem ao artista plástico que este ano celebra 80 anos”, explica nota enviada às redações.

O ciclo Terra prolonga-se até novembro e por lá vão passar Otim Alpha (28 de setembro), do Uganda, em estreia absoluta em Portugal, e os Zulu Zulu, banda baseada em Palma de Maiorca, em Espanha. Têm concerto marcado para 23 de novembro e passarão a semana anterior em residência artística no Centro de Criação de Candoso, preparando novo material que será estreado em Guimarães.

O bilhete para o concerto de Aline Frazão custa 10 euros e o passe para os três concertos tem o custo de 20 euros. Os ingressos podem ser adquiridos nas bilheteiras do Centro Internacional das Artes José de Guimarães, Centro Cultural Vila Flor e Casa da Memória de Guimarães, bem como na internet em oficina.bol.pt. Em cada um dos dias dos espetáculos deste ciclo, os portadores de bilhete para os mesmos têm acesso gratuito às exposições patentes no CIAJG nos horários habituais de funcionamento deste espaço (9h00-13h00 e 14h00-19h00).

O ciclo Terra é uma organização da Capivara Azul – Associação Cultural, com o apoio do Município de Guimarães e da Direção Regional de Cultura do Norte, e coprodução d’A Oficina, entidade que gere e programa o Centro Internacional das Artes José de Guimarães.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s