gnr

Este sábado o serão prometeu…e de que maneira! Os GNR “deslizaram” na cidade que os viu nascer grandes êxitos, oscilando (e bem) entre a “Caixa Negra” e os temas que já dispensam apresentações.

Texto: Irene Mónica Leite

Rui Reininho, sempre igual a si mesmo , interagiu fortemente com o público, agradecendo sempre a sua adesão nestes belos 35 anos de carreira. Uma idade muito bonita, diga-se.

gnr_27E o Coliseu? Praticamente repleto para ver a banda com “defeitos especiais” em praticamente duas horas intensas de concerto, ou melhor, espetáculo.

Nestas duas horas de concerto desfilaram êxitos como “Vídeo Maria” , “Efectivamente”, “Morte ao Sol”, “Sete Naves” ou” Ana Lee”.

Não esquecer a grande performance dos convidados neste concerto especial, com direito a belas imagens de fundo: Rita Redshoes, Javier Andreu e Isabel Silvestre.

Rita interpretou “Homens Temporariamente Sós” e “Dançar Sós”, este último num registo particularmente intimista com Reininho.

Mais para a frente foi a vez de Javier Andreu dar a “voz ao manifesto” com um dos temas mais emblemáticos da banda: “Sangue Oculto”. O publico vibrou e aplaudiu. “Podem levantar-se”, sugeriu Reininho. Já estão a ver o resultado? Pois!

Seguiu-se ,pouco tempo depois, e em praticamente jeito de despedida a “Pronúncia do Norte”, num registo sempre emocionante com Isabel Silvestre.

Em suma, um “mimo” tanto para a banda como para o público. Venham mais 35!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s